O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 16 de março de 2012

Libertação: 11 de Março de 2012

Devolução à natureza de 1 peneireiro-vulgar (Falco tinnunculus)
Praça da República, Tavira


No dia 11 de Março o RIAS participou na Marcha/Corrida do "Dia Internacional da Mulher" organizada pela Associação Oncológica do Algarve, em parceria com o Município de Tavira.

Esta iniciativa  ocorreu na Praça da República e teve como principais objectivos alertar a população em geral para a prevenção do Cancro, apelando à prática de um estilo de vida saudável e angariar fundos para a construção da "Casa Flor das Dunas", uma residência temporária de apoio ao doente oncológico, em tratamentos na Unidade de Radioterapia do Algarve, em Faro.

O RIAS participou neste evento com a libertação de um peneireiro-vulgar antes do início da partida. Esta ave deu entrada no centro no dia 20 de Fevereiro de 2012 após ter sido encontrado em Loulé por um particular.

Ao ser examinado pela equipa medico-veterinária verificou-se que a ave não apresentava nenhum tipo de lesão física que afectasse o seu comportamento natural, contudo apresentava-se bastante fraca e debilitada. Deste modo o seu plano de recuperação consistiu em alimentação reforçada e adequada à espécie até atingir o seu peso ideal. No final foi transferido para uma câmara exterior de grandes dimensões onde pode treinar o voo e a caça. Durante todo o seu processo de recuperação esteve sempre em contacto com aves da mesma espécie de modo a se prevenir a sua domesticação.

 
A cantora Viviane “deu a cara” pela causa de Luta Contra o Cancro, libertando a ave, apadrinhada pelos colaboradores da A.O.A, os quais lhe deram o nome de "Esperança". A Marcha foi iniciada por alguns elementos do Clube de Ciclismo de Tavira, que abriram caminho a cerca de 400 participantes, dos quais 300 foram inscritos.

O RIAS agradece a Associação Oncológica do Algarve pelo convite e pelo interesse em apadrinhar o peneireiro libertado.

Sem comentários: