O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Libertações: 22 de Fevereiro de 2012

Devolução à natureza de 2 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis) e 1 gaivota-de-asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim, Olhão


Estas três gaivotas deram entrada vindas de Alvor, Parchal e Armação de Pêra entre Novembro de 2011 e Janeiro de 2012 após terem sido recolhidas e entregues no centro por particulares e por uma equipa da GNR/SEPNA-Faro.

As três gaivotas apresentavam sintomas compatíveis com doença gastrointestinal pelo que o seu processo de recuperação consistiu numa primeira fase em: fluidoterapia; alimentação cuidada; e descanso. Mais tarde foram transferidas para uma câmara de muda exterior onde lhes foi possível exercitar o voo, juntamente com outras aves da mesma espécie.

Após verificar-se que as aves tinham recuperado a sua capacidade de voar, os técnicos procederam à sua libertação na Quinta de Marim. A libertação não ocorreu no local onde foram recolhidas de forma a se evitar a reincidência do problema, que poderá estar relacionado com a ingestão de alimentos contaminados. Na libertação estiveram presentes duas voluntárias, entre elas Chantal Schade, a voluntária mais nova do RIAS. :)



Sem comentários: