O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Educação Ambiental na Ecoteca de Olhão

No passado dia 18 de Dezembro o RIAS dinamizou uma actividade de Educação Ambiental na Ecoteca de Olhão, com tema "As aves da Ria Formosa". 


Esta sessão teórica deu a conhecer os grupos de aves mais comuns que se podem observar na Ria Formosa e as suas principais características. 


Estiveram presentes nesta acção cerca de 30 crianças que participavam nos campos de férias de Natal 2012, organizados pela Câmara Municipal de Olhão. 

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Devolução à Natureza de 2 Corujas-das-torres em Tavira

Devolução à Natureza de 2 Corujas-das-torres (Tyto alba)
Escola do Malhão - Santo Estêvão - Tavira
15 de Dezembro de 2012

Estas duas corujas-das-torres deram entrada no RIAS no dia 28 de Julho de 2012 após terem caído do ninho. Foram recolhidas e entregues no centro pelos particulares que as encontraram. 


Tratando-se de crias que caíram do ninho, estas duas irmãs corujas ainda apresentavam plumagem típica de crias, pelo que o seu processo de recuperação consistiu em alimentação adequada até ao total crescimento das penas e posteriormente treinos de voo e caça juntamente com outras corujas da mesma espécie.


Foram devolvidas à natureza na Escola do Malhão em Santo Estêvão (Tavira) no final da festa de Natal da escola, pelos seus padrinhos que as baptizaram de "Malhão" e "Alfarroba".



Nesta festa foi organizado também um bazar de Natal onde o RIAS dinamizou uma banca de venda de produtos artesanais feitos pelos nossos voluntários. 



O RIAS agradece mais uma vez a calorosa recepção e enorme simpatia com que a Escola do Malhão sempre nos acolhe. 

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Devolução à Natureza de uma Gaivota de Audouin

Devolução à Natureza de uma Gaivota de Audouin (Larus audouinii)
Ilha Deserta - Faro
11 de Dezembro de 2012


Esta gaivota deu entrada no RIAS no dia 10 de Agosto de 2012, apresentando algumas penas das asas partidas e desgastadas, o que a impedia de voar com perfeição. Foi recolhida em Vilamoura por elementos da equipa SEPNA/GNR de Loulé e entregue no centro por um técnico do Parque Natural da Ria Formosa. 




O seu processo de recuperação consistiu em alimentação adequada e treinos de voo assim que as penas novas completaram o seu total crescimento. 



Foi devolvida à Natureza na Ilha Deserta, onde existe uma colónia de reprodução desta espécie que se encontra bastante ameaçada a nível mundial.  

Esta acção teve o apoio do Parque Natural da Ria Formosa que fez o transporte do animal e dos técnicos do RIAS para a ilha Deserta. A gaivota foi baptizada de "Lili" no momento da sua libertação. 


quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Devolução à Natureza de 7 Grifos - 10/12/2012 - Alcaria Ruiva

Devolução à Natureza de 7 Grifos-comuns (Gyps fulvus
Alcaria Ruiva - Mértola
10 de Dezembro de 2012

Estes 7 grifos deram entrada no RIAS durante os meses de Outubro e Novembro, todos apresentando sinais de fraqueza muscular e debilidade. Foram recolhidos nos concelhos de Reguengos de Monsaraz, Lagos, Loulé, Portimão, Silves e Aljezur, quer por equipas do SEPNA/GNR quer pelas equipas de vigilantes da natureza do Parque Natural do Vale do Guadiana e do Parque Natural da Ria Formosa.


Foram devolvidos à Natureza em Alcaria Ruiva (Mértola), por se tratar de um local onde se avistam grifos regularmente e onde é conhecido um local de repouso desta espécie de aves necrófagas.  


Foram baptizados de "Soneca", "Zangado", "Atchim", "Feliz", "Dengoso", "Mestre" e "Dunga" pelos presentes nesta acção. 



terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Devolução à Natureza de um Tordo e um Camaleão

No dia 24 de Novembro o RIAS juntou-se ao projecto Lugares Mágicos para realizar a devolução à Natureza de 2 animais recuperados no centro. 

Nesse dia decorreu a inauguração da exposição "Lugares Mágicos" na sede do Parque Natural da Ria Formosa em Olhão. Esta exposição, organizada pela Direcção Regional de Cultura do Algarve e o Atelier Educativo, pretendeu dar a conhecer os trabalhos realizados pelos jovens das instituições Lar Gaivota da Santa Casa da Misericórdia de Albufeira e Casa de Protecção à Rapariga em Faro. 

O RIAS presenteou os jovens com a devolução à Natureza de um tordo-pinto (Turdus philomelus) e um camaleão (Chamaeleo chamaeleon) que foram recuperados no centro. 

O Tordo esteve em recuperação apenas 1 dia, pois não apresentava fracturas nem lesões. Este animal ingressou no centro após ter sido capturado dentro da habitação de uma pessoa em Olhão. 



O Camaleão deu entrada no centro do inicio de Novembro com uma ferida na cauda. O seu tratamento consistiu em limpeza e desinfecção da ferida até à sua total cicatrização. 


segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Campanha de Apadrinhamentos de Natal 2012



Novembro e Dezembro de 2012

Neste Natal coloque no sapatinho um presente especial
Apadrinhe um animal e ofereça uma prenda original!


Esta Campanha de Natal conjunta entre o CERVAS e o RIAS pretende ser um meio de angariação de fundos para a manutenção e gestão dos dois centros, geridos pela Associação ALDEIA desde 2009, em parceria com o ICNF e a ANA – Aeroportos de Portugal.  Visa também ser uma forma de divulgação e aproximação da população em geral ao trabalho desenvolvido por estes centros de recuperação de fauna selvagem.

COLABORE COM O CERVAS E COM O RIAS PARTICIPANDO NESTA CAMPANHA OU CONTRIBUINDO PARA A SUA DIVULGAÇÃO, ENCAMINHANDO ESTA INFORMAÇÃO.

Contactos : 
Correio electrónico: cervas.pnse@gmail.com / Tel: 962714492

domingo, 25 de novembro de 2012

Vídeo da devolução à Natureza de uma águia-calçada em Sagres (Festival de Observação de Aves 2012)

Este vídeo foi realizado e cedido por Pedro Cotter que assistiu à devolução à Natureza de uma águia-calçada durante o Festival de Observação de Aves em Sagres, no dia 7 de Outubro de 2012 (ver notícia sobre este dia aqui)



Muito obrigado Pedro pela partilha de um dos melhores momentos do nosso trabalho!!! 

O RIAS no Encontro Nacional do Yoga - 18 Novembro 2012 - Monte Gordo

No passado dia 18 de Novembro o RIAS esteve presente no Encontro Nacional do Yoga que decorreu em Monte Gordo. 



Este evento reuniu cerca de 100 participantes e foi organizado pela Confederação Portuguesa do YogaAssociação Lusa do Yoga e Federação Lusa do Yoga com a colaboração da Associação Regional do Yoga Algarve através do Áshrama de Olhão


O RIAS foi convidado a participar neste evento, através da dinamização de um passeio na Mata de Monte Gordo onde foi possível desfrutar da natureza envolvente e sentir os seus sons. 


O RIAS gostaria de agradecer novamente o convite e a calorosa recepção que nos foi feita, fazendo um agradecimento especial ao Grande Mestre Jorge Veiga e Castro e ao João "Jonas" Silva, Director do Áshrama de Olhão. Foi um enorme prazer passar a manhã convosco e partilhar tantos harmoniosos momentos. 

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

3º Encontro Regional do Voluntariado Ambiental para a Água


A convite da Agência Portuguesa do Ambiente I.P.-Administração da Região Hidrográfica do Algarve (APA-ARH do Algarve), o RIAS esteve presente no 3º Encontro Regional do Voluntariado Ambiental para a Água, onde apresentou uma comunicação oral sobre o trabalho desenvolvido pelo centro, inserida no painel "O Papel do Voluntariado na Conservação da Natureza e da Biodiversidade".   



Este evento tinha como principais objectivos o aprofundamento de conhecimentos científicos de técnicos, docentes e de outros agentes de educação para a sustentabilidade, sobre as questões associadas à gestão da água e à conservação da natureza e biodiversidade, através da formação e do contacto com especialistas das áreas da conservação dos ecossistemas de água doce e costeiros. 



Durante a manhã de sábado, dia 17 de Novembro, o RIAS recebeu nas suas instalações um grupo de cerca de 10 voluntários que ficaram a conhecer de perto o trabalho do centro, para que de futuro possam vir a colaborar connosco. 



No final da visita, os participantes puderam ainda assistir à devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis) recuperada pelo RIAS. Esta gaivota foi libertada pela responsável pela organização do encontro, Engª. Paula Vaz, que a baptizou de "Isabel".


terça-feira, 20 de novembro de 2012

Devolução à Natureza de 16 aves selvagens. De 15 a 26 de Outubro de 2012

Devolução à Natureza de 1 Pato-real (Anas platyrhynchos) e 1 Frisada (Anas strepera)
Lagoa dos Salgados - Pêra - Silves
15 de Outubro de 2012


Estes 2 patos foram recolhidos em Faro e apresentavam sintomas compatíveis com Botulismo quando chegaram ao centro. Como tal, o seu tratamento consistiu em administração de fluidos até à total eliminação da intoxicação. Numa fase final do processo de recuperação foram colocados numa instalação exterior com um charco onde puderam treinar o voo e natação. 



Devolução à Natureza de uma Coruja-do-mato (Strix aluco) e um Mocho-galego (Athene noctua)
Sítio da Arrochela - Silves
15 de Outubro de 2012


Esta coruja-do-mato foi recolhida em Silves e entregue no RIAS por particulares no final de Agosto. Apresentava-se bastante debilitada e o seu processo de recuperação consistiu em alimentação regular e adequada até que recuperasse a condição corporal ideal para ser devolvida à natureza. No centro foi ainda sujeita a treinos de voo e caça juntamente com outras corujas da mesma espécie. 



O mocho-galego foi recolhido também na região de Silves e entregue no centro no final de Julho de 2012. Tratava-se de um juvenil que se encontrava bastante debilitado no momento de entrada no centro. Foi mantido numa instalação exterior juntamente com outros mochos, onde foi possível treinar o voo e a caça e desta forma ganhar uma boa condição corporal. Foi libertado pelo padrinho que o baptizou de "Francisco".


Devolução à Natureza de 3 Pintassilgos (Carduelis carduelis), 1 Verdilhão (Carduelis chloris), 5 Pintaroxos (Carduelis cannabina) e 1 Chamariz (Serinus serinus)
Quinta de Marim - Olhão
20 de Outubro de 2012

Todos estes passeriformes deram entrada no RIAS no dia 20 de Outubro, após terem sido apreendidos em Tavira pela equipa SEPNA/GNR dessa cidade. Tratando-se de aves que foram capturadas ilegalmente no próprio dia, o tempo de permanência no RIAS foi bastante reduzido, o suficiente para testar o voo de todos os animais. Foram devolvidos à Natureza pelos técnicos do RIAS. 



Aproveitamos para relembrar que a captura e detenção de aves selvagens é ilegal e punível por lei.



Devolução à Natureza de um Peneireiro-vulgar (Falco tinnunculus) e de uma Coruja-das-torres (Tyto alba)
Montenegro - Faro
26 de Outubro de 2012


Este pequeno falcão foi entregue no RIAS no início de Junho e não apresentava nenhuma lesão física. O seu processo de recuperação consistiu em treinos de voo e caça juntamente com outros peneireiros-vulgares numa instalação exterior. Foi devolvido à natureza pela sua madrinha. 



A coruja-das-torres deu entrada no centro no dia 17 de Setembro, também sem lesões físicas, para além de alguma desidratação. O seu tratamento consistiu em hidratação e treinos de voo e caça juntamente com outras corujas-das-torres numa instalação exterior adaptada a estes animais. Foi também devolvida à natureza pela sua madrinha que a baptizou de "Montenegro". 



terça-feira, 30 de outubro de 2012

Campanha de Angariação de Materiais no Pão de Açúcar de Olhão - 27 de Outubro de 2012

No passado sábado, dia 27 de Outubro de 2012, decorreu mais uma campanha de angariação de materiais no Pão de Açúcar do Ria Shopping em Olhão.



Ao longo de um dia de angariação, o centro conseguiu encher 8 carrinhos de compras com os seguintes materiais:

- 315,15 Kg de ração seca para animais
- 25,10 Kg de ração húmida para animais
- 22,25 Kg de ração para aves
- 43 garrafas de Álcool
- 6 frascos de Betadine
- 1 frasco de Água Oxigenada
- 1 frasco de Soro Fisiológico
- 1 embalagem de algodão
- 625 Sacos grandes para lixo
- 770 Sacos de congelação
- 16 L de lixívia
- 3 L de detergente para o chão
- 750 ml de detergente para a loiça
- 90 doses de detergente de roupa
- 8 embalagens de guardanapos
- 10 Frascos de sabão líquido para mãos
- 150 rolos de papel higiénico
- 132 rolos de papel de cozinha
- 30 pares de luvas de cozinha
- 5 embalagens de luvas de latex
- 20 esponjas de cozinha
- 15 esfregões de cozinha
- 1 lata de ambientador
- 6 resmas de papel A4 


O RIAS agradece mais uma vez a colaboração dos 6 voluntários que auxiliaram esta campanha! Muito obrigado pela disponibilidade, simpatia, dedicação e paciência!!! 



Agradecemos novamente ao Pão de Açúcar de Olhão que nos permitiu a realização desta campanha.



E o RIAS agradece ainda a enorme generosidade de todos os que contribuíram para esta campanha através da doação de materiais essenciais para o trabalho do centro! 


A TODOS, MUITO OBRIGADO!!!

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Amanhã: Campanha de Angariação de Materiais no Pão de Açúcar de Olhão

Amanhã (sábado, 27 de Outubro de 2012), irá decorrer mais uma campanha de angariação de bens e materiais para o RIAS no Pão de Açúcar do Ria Shopping em Olhão.

Esta acção que decorrerá na entrada do hipermercado, terá início às 10:30 terminando às 20:30. 






Apareça e contribua também!!

Devolução à Natureza de um ganso-patola e de um guincho - Fuseta - 14/10/2012

Devolução à Natureza de um ganso-patola (Morus bassanus) e de um guincho-comum (Chroicocephalus ridibundus)
14 de Outubro de 2012
Fuseta, Olhão



Este ganso-patola deu entrada no RIAS no dia 1 de Outubro de 2012 bastante debilitado. Foi entregue no centro pelos Vigilantes da Natureza do Parque Natural da Ria Formosa. O seu processo de recuperação consistiu em hidratação e alimentação regular e posteriormente testes de impermeabilização.



A recuperação de aves marinhas pelágicas, nomeadamente os gansos-patolas é normalmente um processo bastante complicado pois esta espécie é extremamente sensível ao cativeiro e consequente manipulação. 

Fotografia de Ricardo Badalo

Neste caso, o processo rápido de administração de alimento para que atingisse uma boa condição corporal, contribuiu para o sucesso de recuperação deste animal que foi baptizado de "Maria" no momento da sua libertação. 

                                                               Fotografia de Ricardo Badalo


O guincho-comum foi entregue no RIAS no dia 17 de Setembro de 2012 e apresentava sintomas compatíveis com doença gastrointestinal, como parésia dos membros, debilidade extrema e diarreia. Neste sentido, o seu processo de recuperação consistiu em fluidoterapia, alimentação adequada e, mais tarde, treinos de voo numa instalação exterior. 

Fotografia de Inês Jesus

Fotografia de Inês Jesus

Esta pequena ave foi baptizada de "Tiago Ventura" no momento da sua libertação. 



Esta acção de devolução à natureza de aves recuperadas contou com o excelente apoio da empresa Passeios Ria Formosa a quem o RIAS agradece novamente! 

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

RIAS/ALDEIA presente no ObservaNatura 2012



Pelo segundo ano consecutivo, a ALDEIA esteve representada na feira ObservaNatura que decorreu nos dias 13 e 14 de Outubro de 2012 na Herdade da Mourisca, Setúbal. 



O espaço de divulgação da associação e dos seus projectos foi dinamizado pelo sócio e colaborador da ALDEIA, Diogo Amaro, a quem aproveitamos para agradecer a disponibilidade e vontade de ajudar.



Para os visitantes desta feira, havia ainda no nosso stand uma mesa dedicada à Educação Ambiental onde se davam a conhecer alguns animais existentes na nossa fauna e as suas principais características morfológicas, com recurso a materiais biológicos do kit de educação ambiental do RIAS. 


Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas em Vilamoura

Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
12 de Outubro de 2012
Marina de Vilamoura

Esta gaivota-de-patas-amarelas foi entregue no RIAS ainda cria pelo que o seu processo de recuperação consistiu em alimentação adequada e regular até ao completo crescimento das penas de voo. Posteriormente foi colocada numa instalação de grandes dimensões juntamente com outras gaivotas onde lhe foi possível socializar e treinar o voo. 



Foi devolvida à Natureza pela particular que a recolheu e entregou no RIAS no mesmo local onde tinha sido encontrada, em Vilamoura. 


quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Devolução à natureza de um camaleão - Olhão


Devolução à natureza de um camaleão (Chamaeleo chamaeleon)
Quinta de Marim - Olhão
11 de Outubro de 2012

Este camaleão encontrava-se em cativeiro ilegal na zona de Évora após ter sido retirado da natureza durante o verão no Algarve.



Foi devolvido à natureza na Quinta de Marim em Olhão, local privilegiado para quem pretende observar esta espécie no Algarve.



O RIAS relembra que a manutenção de qualquer animal selvagem em cativeiro é ilegal e punível por lei. 


quinta-feira, 18 de outubro de 2012

RIAS presente no Festival de Observação de Aves em Sagres

Pelo 3º ano consecutivo o RIAS esteve presente no Festival de Observação de Aves em Sagres, iniciativa organizada pela associação Almargem e pela Sociedade Portuguesa para o Estudo da Aves (SPEA).

Este festival que decorreu de 30 de Setembro a 7 de Outubro envolveu centenas de pessoas interessadas na avifauna presente na região de Sagres e o RIAS/ALDEIA dinamizou algumas das actividades que decorreram ao longo de todo o evento. 

Oficina de Educação Ambiental: Conhecer os animais de perto!





Mini-curso: Iniciação à Identificação de Aves Limícolas



Mini-curso: Iniciação à Identificação de Aves Estepárias



Mini-curso: Identificação e Ecologia de Répteis e Anfíbios

Saídas de Campo: Aves da Cabranosa e Vale Santo





Saída de Campo Nocturna: Observação e Audição de Aves em Migração

Devolução à Natureza de uma águia-calçada (Aquila pennata) recuperada no RIAS

Esta águia-calçada deu entrada no RIAS no dia 13 de Setembro de 2012 bastante debilitada. Foi recolhida na zona de Lagos por particulares que a encontraram na beira de uma piscina. O seu processo de recuperação consistiu em alimentação adequada e treinos de voo e caça até atingir a condição corporal ideal para ser devolvida à Natureza.

 
(Fotografia de António Marques)

(Fotografia de António Marques)

(Fotografia de António Marques)

Esta águia foi libertada pelos representantes da organização do festival que a baptizaram de "Botinhas". 
(Fotografia de António Marques)


Mais uma vez o RIAS agradece o convite feito pela organização deste festival e deseja o maior sucesso para as próximas edições!