O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

A Voz do Voluntário

Os voluntários que participam, ou participaram, no dia-a-dia do RIAS estão a aceitar o nosso desafio, enviando-nos as suas experiências no centro.

O Mauro Hilário, a quem desde já agradecemos, enviou-nos o seu testemunho das funções que desempenhou no RIAS.
________________________________________________________________
Olá a todos!

Embora a minha experiência no RIAS transcenda o voluntariado, tenho 100% de confiança quando afirmo que é uma experiência única. Não só ajudei como também aprendi bastante, o que demonstra que o voluntariado neste centro, além de gratificante, é bastante educativo. Até atingir um nível de experiência mais avançado, não lidei directamente com os animais mais emblemáticos como as águias ou ouriços, mas tive hipóteses de manusear cágados, crias de aves, e ainda para os mais corajosos (como eu), gaivotas!

Enquanto fui voluntário concentrei-me mais no projecto LIFE cágados. Neste projecto, as minhas funções consistiam no registo das entradas de cágados exóticos e fêmeas grávidas de cágado-de-carapaça-estriada, como também na construção dos seus habitats temporários e manutenção das boas condições ambientais, higiénicas e alimentares. Também passei boas horas no Centro de Interpretação Ambiental, onde em português, inglês ou castelhano eduquei centenas de pessoas sobre os objectivos e o funcionamento de um centro de recuperação de animais selvagens.

Com isto pretendo somente dizer que o RIAS é mais do que um Centro de Recuperação de Animais Selvagens, é também um mundo de conhecimento, de novas amizades e de Conservação da Natureza. Por isso estou grato por tudo o que vivi com e por este lugar fantástico.

Mauro Hilário

_________________________________________________________________________________

Sem comentários: