O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Grifo (Gyps fulvus) recuperado no RIAS observado no sul de França

Este Grifo (Gyps fulvus) ingressou no RIAS no dia 11 de Novembro de 2010 bastante debilitado, uma vez que se encontrava na sua época de dispersão e provavelmente não encontrou alimento suficiente para se sustentar. A sua recuperação consistiu em alimentação própria para a espécie e treinos de voo.


Foto de Diogo Raposo


Após a sua total recuperação e antes de ser devolvido à natureza este animal foi marcado com marcas alares verdes com o código KA. Com esta marcação foi possível identificar a ave de longe com recurso a um telescópio.

Durante o mês de Julho de 2011 em 4 dias diferentes esta ave foi observada no Sul de França (Cañón del Verdon) a cerca de 1350km do local onde foi devolvido à natureza, em Alcaria Ruiva – Mértola no dia 26 de Janeiro de 2011.

Foto tirada por observador em França



Com esta recaptura visual o RIAS tem mais uma prova de que o seu trabalho está a ser bem sucedido e que todos os seus esforços não são em vão.

O RIAS agradece ainda o apoio dado pela empresa Strix Lda que se disponibilizou para colaborar com o nosso trabalho financiando os marcadores alares e a sua colocação.

Sem comentários: