O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

RIAS nas actividades do Ciência Viva no Verão 2011

 
No dia 30 de Agosto, o RIAS realizou no Centro de Ciência Viva de Tavira, situado no Convento do Carmo, um workshop intitulado de "Conhecer os animais de perto", inserido nas actividades do Ciência Viva no Verão 2011.

O workshop teve como principais objectivos dar a conhecer a biologia e ecologia de quatro dos cinco grupos de animais selvagens que ocorrem naturalmente em Portugal e que podem dar entrada no RIAS para serem recuperados (mamíferos, répteis, anfíbios e aves, excepto os peixes). Este workshop também serviu para demonstrar a principal função de um centro de recuperação e incentivar os participantes a ajudarem na conservação e recuperação da fauna selvagem portuguesa.





No final, os participantes foram brindados com uma devolução à natureza de um mocho-galego perto das salinas de Vale Caranguejo.

Esta ave foi recolhida após ter caído do ninho em Tavira, por um particular. No dia 17 de Março foi encaminhada para o RIAS pela médica-veterinária municipal de Tavira.
Por se tratar de uma cria, necessitou de alimentação cuidada adequada à espécie, treinos de voo e caça juntamente com outros mochos da mesma espécie.

Após se verificar que o mocho se encontrava nas melhores condições procedeu-se então à libertação que coincidiu com a actividade do Ciência Viva. Os participantes baptizaram a ave de "Atlas".


Sem comentários: