O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Libertações: 22 de Setembro de 2011

Devolução à natureza de 1 gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Ludo, Faro

No dia 25 de Agosto foi recolhida na praia de Faro por particulares e entregue no RIAS uma gaivota-de-patas-amarelas adulta bastante desidratada e debilitada.

Face à má condição da ave, a sua recuperação consistiu em alimentação regular e hidratação.

Após se verificar a boa condição da gaivota os técnicos do centro procederam à sua libertação no Ludo, perto do local onde foi recolhida, com a presença dos particulares que a recolheram e a baptizaram de "Jack", em homenagem ao cão que a encontrou (na foto).






Devolução à natureza de 2 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Sítio das Fontes,  Lagoa

Nos dias 8 e 11 de Agosto foram recolhidas em Alvor, concelho de Portimão, e Parchal, concelho de Lagoa, duas gaivotas-patas-amarelas bastante debilitadas e entregues no RIAS.
Visto que os sinais clínicos das aves coincidiam com doença gastrointestinal, a sua recuperação consistiu numa primeira fase em fluidoterapia, alimentação cuidada e descanço. Mais tarde foram transferidas para uma câmara de muda exterior onde lhes foi possível exercitar o voo, juntamente com outras aves da mesma espécie.



Após se verificar a boa condição das duas gaivotas os técnicos do centro procederam à sua libertação. Contudo, devido aos sinais clínicos apresentados, decidiu-se não libertar estas aves no mesmo local, de forma a evitar a reincidência do problema, que poderia estar relacionado com a ingestão de alimentos contaminados. As gaivotas foram baptizadas pelos particulares em questão de "Kika" e "Branquinha".





Devolução à natureza de 1 bufo-real (Bubo bubo)
Barragem do Funcho, Silves

No dia 24 de Maio foi recolhida uma fêmea de bufo-real na Barragem do Funcho (localização aqui), concelho de Silves, ainda cria, após ter caído do ninho.





Visto ainda ser cria, a sua recuperação consistiu em alimentação regular e, após o desencolvimento das penas, treinos de voo e de caça.

Após se verificar que a ave se alimentava sozinha e tinha a capacidade de voar procedeu-se à sua libertação no local onde foi recolhida.

Sem comentários: