O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

RIAS nas actividades do Ciência Viva no Verão 2011

No dia 23 de Agosto, o RIAS realizou um workshop no seu centro de interpretação ambiental situado na Quinta de Marim, no Parque Natural da Ria Formosa, inserida nas actividades do Ciência Viva no Verão 2011.

O workshop teve como principais objectivos dar a conhecer as principais ameaças dos grupos de fauna selvagem portuguesa e todo o trabalho realizado no RIAS, incentivando-os assim a ajudarem-nos na sua conservação e recuperação.

No final, os participantes foram brindados com uma devolução à natureza de sete gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahelis) junto do centro na Quinta de Marim.

Cinco das gaivotas, e ainda crias, foram recolhidas em Quarteira e Portimão por particulares com suspeita de terem caído do ninho ou terem ficado orfãs, e deram entrada no RIAS nos dias 17 de Junho e 11 e 14 de Julho. A sua recuperação consistiu apenas em alimentação adequada e treinos de voo.

Um juvenil foi recolhido em Lagos e entregue no RIAS no dia 14 de Julho por um vigilante da natureza com suspeita de trauma, e a sua recuperação consistiu em alimentação adequada e fisioterapia regular.

Um sub-adulto bastante debilitado foi recolhido por um particular em Alvor e entregue no centro no dia 14 de Julho. A sua recuperação consistiu em alimentação adequada e hidratação.

Após se verificar que as gaivotas se encontravam em melhores condições foram então libertadas pelos participantes do workshop e por um dos particulares, e baptizadas de "Peninhas", "Quiquinha", "Miguel", "Pintarolas", "Flora", "Margarida" e "Guerreiro".





2 comentários:

Sandra Silva disse...

Boa tarde,
O meu nome é Sandra e fui uma das voluntárias que entregou uma gaivota juvenil encontrada em Portimão.
Queria perguntar se não vão colocar aqui no blog o video destas libertações?
Obg e cumprimentos a todos

RIAS disse...

Boa tarde Sandra,
É este o vídeo! No início do filme, quando são libertadas 3 gaivotas em conjunto, a da esquerda é a que a Sandra encontrou e recolheu.

Aproveitamos também para agradecer a preocupação!

Até breve,
Fábia Azevedo