O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Libertação: 30 de Julho de 2011

Devolução à natureza de 2 andorinhas-dos-beirais (Delichon urbicum)
Arrochela, Silves


Estas duas crias de andorinha foram entregues por um particular que, ao assistir à destruição do ninho numa habitação vizinha, as recolheu e as transportou ate ao RIAS. Tal acto foi denunciado às autoridades competentes, uma vez que esta espécie de aves é protegida por lei, acabando o infractor por ser autoado.

No exame clínico não foram detectadas lesões, pelo que o processo de recuperação consistiu em alimentação adequada e descanso. Na fase final da sua recuperação foram realizados pequenas sessões voo de modo a melhorar a sua condição física.

Foram libertadas por particulares e técnicos do RIAS que as baptizaram de Tom e Joost.


Sem comentários: