O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Libertação: 26 de Julho de 2011

Devolução à natureza de  2 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis) e 1 gaivota-de-asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim, Olhão
Salinas de Vale Caranguejo, Tavira


Estas três aves foram encontradas por particulares, que as recolheram e reencaminharam até ao centro.

Duas das aves apresentavam fracturas nas asas que foram rapidamente imobilizadas à chegada. O seu processo de recuperação consistiu em respouso e alimentação adequada. Após a consolidação das fracturas as aves foram sujeitas a fisioterapia ligeira e foram transferidas para uma câmara de recuperação onde lhes foi possível realizar algum exercicio.

A outra ave foi encontrada por particulares e reencaminhada atráves da equipa SEPNA-GNR.
No exame clínico foi possível observar que se encontrava bastante debilitada mas não foram observadas lesões pelo que o seu processo de recuperação consistiu unicamente em alimentação adequada e posteriormente em exercicios de voo.




Estas devoluções foram inseridas nas actividades de Ciência Viva, actualmente a cargo do RIAS/ALDEIA. Foram baptizadas pelos participantes de Francisco, Faneca e Maria Caxoxa.



Sem comentários: