O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Libertação: 21 de Julho de 2011

Devolução à natureza de 1 coruja-do-mato (Strix aluco)
Miradouro de Alte, Loulé


Esta ave foi encontrada por um particular que a recolheu e a entregou no SEPNA-GNR de Loulé que, através de um técnico do Parque Natural da Ria Formosa a reencaminhou para o RIAS.

O animal apresentava uma fractura de úmero esquerdo, que só foi possível resolver cirurgicamente. O processo de recuperação foi longo e consistiu em alimentação cuidada, descanso e tratamento das feridas cirúrgicas. Mais tarde foram realizadas pequenas sessões de fisioterapia de modo a melhorar os movimentos da asa.






Posteriormente, o animal foi transferido para uma câmara de recuperação exterior onde foram realizados treinos de caça, voo e socialização com outros indivíduos da mesma espécie.

Finalizado todo este processo, foi devolvida à natureza, sendo baptizada de Gaya.

Esta acção foi realizada em conjunto com a Associação Almargem, a quem desde já agradecemos.
   


video