O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Libertação: 20 de Julho de 2011

Devolução à natureza de 2 Mochos-galegos (Athene noctua) e 2 Coruja-das-torres (Tyto alba)
Ludo, Faro

Os mochos ingressaram no RIAS devido a queda do ninho e cativeiro ilegal, enquanto as corujas ingressaram devido a queda do ninho e debilidade, todos entregues por particulares.
 
No exame clínico não foram observadas lesões, tendo a recuperação dos animais que cairam do ninho e de debilidade consistido em alimentação adequada, fluidoterapia, descanso e posteriormente treinos de voo e caça. O mocho de cativeiro ilegal foi colocado em contacto com indíviduos da sua espécie de modo a re-adquirir comportamentos naturais, e treinos de voo e de caça.

Finalizado a recuperação deste animais, procedeu-se à sua libertação com a presença de todos os particulares envolvidos, padrinhos, técnicos e colaboradores do RIAS. Os mochos foram baptizados de Chico-mola e Florzinha, e as corujas de Toulouse e Tuifly.







O RIAS agradece a presença de todos os envolvidos.

Sem comentários: