O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sábado, 9 de abril de 2011

Libertações: 8 de Abril de 2011

Devolução à natureza de uma Gaivota de Audouin (Larus audouinii)
Ilha Deserta, Olhão


Este animal encontrava-se em recuperação no RIAS desde Julho de 2010. Foi recolhido por vigilantes da natureza do Parque Natural da Ria Formosa (ICNB) na Ilha Deserta e apresentava uma sub-luxação na asa esquerda. O longo período de recuperação desta ave no nosso centro envolveu imobilização da asa e fisioterapia, alimentação adequada, treinos de voo e contacto com outras gaivotas.



A gaivota de Audouin é uma espécie que apresenta um estatudo de conservação "Vulnerável" segundo o Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal. Os principais factores de ameaça desta espécie são a destruição do habitat de nidificação bem como a perturbação dos locais de cria. Tendo sido em tempos considerada uma das gaivotas mais raras do mundo, esta espécie distribui-se apenas nas zonas costeiras do mar Mediterrâneo. Em Portugal nidifica exclusivamente no sul do país, nomeadamente nas ilhas barreira da Ria Formosa.


Este animal foi devolvido à natureza por vigilantes da natureza do Parque Natural da Ria Formosa perto do local onde foi recolhido. Esta gaivota foi marcada com uma anilha de PVC de cor azul com a inscrição P052. Se por ventura observar este animal (ou qualquer outro marcado com uma anilha colorida), por favor envie-nos essa informação para o nosso e-mail: rias-aldeia@gmail.com



Esta libertação teve o apoio logístico do Parque Natural da Ria Formosa (ICNB) a quem desde já agradecemos!




video




Devolução à natureza de um cágado-mediterrânico (Mauremys leprosa)
Quinta de Marim - Olhão - Parque Natural da Ria Formosa


Este cágado-mediterrânico macho foi recolhido por um particular numa praia em Albufeira e entregue no RIAS pela equipa SEPNA/GNR de Albufeira. Após um período de hidratação no nosso centro foi devolvido à natureza, tendo sido baptizado de "Hugo".

1 comentário:

Pam disse...

Feliz Páscoa RIAS