O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 29 de março de 2011

Libertação: 29 de Março de 2011

Libertação de uma gaivota-de-asa-escura (Larus fuscus)
Quinta de Marim, Olhão

O RIAS devolveu hoje à Natureza uma gaivota-de-asa-escura que se encontrava em recuperação neste centro.

Este animal foi encontrado e recolhido por um colaborador do RIAS, perto das docas de Portimão.
Durante o exame clínico foi possível verificar que a ave estava magra, débil, tinha dificuldade em respirar e não mexia os membros posteriores. Uma vez que também apresentava transtornos gastrointestinais, o processo de recuperação consistiu, numa primeira fase, em fluidoterapia e descanço.
Após o animal ter recuperado forças, foi transferido para uma câmara de muda onde lhe foi possível exercitar o voo e conviver com outras aves da mesma espécie.

Devido aos sinais clínicos apresentados, decidiu-se não libertar a ave no mesmo local, de forma a evitar a reincidência do problema, que poderia estar relacionado com a ingestão de alimentos contaminados.

Foi devolvida à Natureza pela mesma pessoa que a encontrou, baptizando-a de Fábia.



video


Este animal foi anilhado com uma anilha metálica e outra anilha de cor com a seguinte inscrição: F021 preta. O RIAS vem por este meio solicitar a quem observar este animal que nos comunique para: rias.aldeia@gmail.com

Sem comentários: