O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Libertação: 26 de Janeiro de 2010

Libertação de 10 grifos (Gyps fulvus)
Serra de Alcaria Ruiva (Mértola)


Estas aves foram recolhidas por elementos das equipas SEPNA da GNR e por Vigilantes da Natureza das áreas protegidas, por se apresentarem debilitadas e desnutridas. Foram encontradas por particulares em Tavira, Loulé, Vila Real de Santo António, Castro Marim, Faro, Aljezur e Moura e encaminhadas pelas referidas entidades para o RIAS. Neste centro, sofreram um processo de recuperação que consistiu em alimentação e hidratação, contacto com aves da mesma espécie e treinos de voo (no túnel de voo deste centro).

Fotografia: Diogo Raposo


Estes animais foram devolvidos à natureza devidamente identificados com marcadores alares, próprios para esta espécie. Caso estes animais sejam observados no campo após a devolução, estas marcas permitem facilmente um reconhecimento individual. As marcações foram feitas graças à colaboração da empresa STRIX - Ambiente e Inovação, a quem desde já agradecemos o interesse e disponibilidade.

Caso aviste algum animal marcado, por favor, envie-nos essa informação para rias.aldeia@gmail.com


Fotografia: Diogo Raposo



Esta acção foi desenvolvida também em colaboração com o Parque Natural do Vale do Guadiana (ICNB), e contou com o apoio logístico da Câmara Municipal de Tavira que providenciou o transporte destes animais, a quem desde já agradecemos mais uma vez.


Fotografia: Diogo Raposo




Sem comentários: