O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

domingo, 15 de agosto de 2010

VERÃO BIODIVERSO: Inauguração do Centro de Interpretação Ambiental (CIA) do RIAS

O RIAS tem como principal função receber e proceder ao tratamento de animais selvagens da fauna portuguesa, feridos ou debilitados e, sempre que possível, devolvê-los ao seu habitat natural.


Para que a perturbação dos animais selvagens em recuperação seja sempre a mínima possível, os centros de recuperação não são espaços adequados nem autorizados a receber visitas regulares.

No entanto, o RIAS possui um espaço independente das zonas onde se encontram os animais que foi remodelado e preparado, em conjunto com dois estagiários de Ecoturismo (a quem voltamos desde já a agradecer todo o empenho e colaboração), para receber todos os visitantes que desejem conhecer de perto o trabalho desenvolvido, as espécies autóctones, as actividades a realizar, etc.

Neste local, o Centro de Interpretação Ambiental (CIA) do RIAS, poderá conhecer os espaços de trabalho do centro através de imagens e uma maqueta, observar os animais em recuperação através de câmaras de vigilância, ver e manipular penas e outros materiais biológicos, ouvir sons de rapinas nocturnas, realizar várias actividades didácticas e muito mais, sempre com o objectivo de sensibilizar e educar ambientalmente.


Este espaço está, assim, já preparado para receber visitantes mas será ainda enriquecido com informação e material adicionais. É possível visitar o CIA-RIAS durante o horário de funcionamento da Quinta de Marim mas a sua abertura estará sempre dependente da disponibilidade dos técnicos do centro. Também esta tarefa, recepção de visitantes no CIA, poderá ser realizada por voluntários que desejem colaborar.


Deste modo, inserido na campanha "Verão Biodiverso", foi realizada a inauguração oficial do Centro de Interpretação Ambiental do RIAS, no passado sábado, dia 14 de Agosto, pelas 11h00.

Fotografia de Victor Azevedo

Fotografia de Victor Azevedo


Fotografia de Victor Azevedo

Fotografia de Victor Azevedo







Neste dia foi ainda devolvida à Natureza uma cegonha-branca, juvenil, recolhida em Olhão e entregue no RIAS por um técnico do PNRF. A ave foi libertada pelos padrinhos e baptizada de "Sherlock".












Encontram-se também expostas no CIA-RIAS diversas fotografias de Thijs Valkenburg.


Sem comentários: