O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Libertações: 15 de Agosto de 2010


Libertação de 3 Gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)



16h00 - Lagoa dos Salgados - Silves
Ponto de encontro: Estacionamento da praia dos Salgados


Estas 3 aves foram recolhidas por particulares na zona de Albufeira e entregues no RIAS pelos próprios ou por elementos do SEPNA de Albufeira. Uma das aves era ainda cria e as outras duas foram vítimas de trauma. O processo de recuperação consistiu em tratamento das lesões, alimentação, crescimento da plumagem de voo, contacto com outras gaivotas e treinos de voo.






O

momento de devolução à Natureza contou com a presença dos responsáveis pela recolha das

aves que as baptizaram de Rogério, Lucky e Guincho.







Libertação de 5 Gaivotas-de-patas-amarelas (
Larus michahellis) e 2 Gaivotas-de-asa-escura (Larus fuscus)

18h00 - Ferragudo - Lagoa
Ponto de encontro: Forte de São João do Arade (Castelo de Ferragudo)


Estas 7 aves foram recolhidas por particulares na zona de Portimão, Albufeira e Lagos e entregues no RIAS pelos próprios ou por elementos do SEPNA de Portimão. Cinco das aves tratavam-se de crias e as outras duas encontravam-se doentes. O processo de recuperação consistiu em medicação, alimentação, crescimento da plumagem de voo, contacto com outras gaivotas e treinos de voo.





O momento de devolução à Natureza contou com a presença dos responsáveis pela recolha das aves que os baptizaram de Destiny, Luís, Filomena, Rita, Amélia e S. João.


Sem comentários: