O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Libertação: 30 de Junho de 2010

Libertação de 4 patos-reais (Anas platyrhynchos)
Ria Formosa, Fuzeta - Olhão

Estas aves foram encontradas ainda crias, debilitadas, após se terem separado dos progenitores. Foram recolhidas e entregues no RIAS por elementos do SEPNA e por Vigilantes da Natureza do PNRF. O processo de recuperação consistiu em passagem pelo 1º processo de muda de penas (para aquisição das penas de voo), alimentação, contacto com outras aves e treinos de voo.


Esta acção contou com a presença de cerca de 30 crianças do Jardim de Infância da Fuzeta que, após uma breve explicação sobre o RIAS e o pato-real, devolveram à Natureza as 4 aves, baptizando-as de Catarina, Mariana, João e Tiago.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Libertações: 27 de Junho de 2010

Libertação de 1 Gaivota de-asas-escuras (Larus fuscus), 1 Gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis) e 1 Pato-real (Anas platyrhynchos)
18h00: Lagos (na Ribeira de Bensafrim)
Junto ao Estádio Municipal de Lagos

A primeira ave foi recolhida por se apresentar desnutrida e debilitada, a 2ª ave terá sido vítima de trauma (apresentava uma lesão na asa) e o pato-real encontrava-se também debilitado e apresentava uma pequena ferida num dedo. Foram encontrados por particulares na zona de Lagos e entregues no RIAS por elementos do SEPNA e por Vigilantes da Natureza do PNRF. O processo de recuperação consistiu em tratamento das lesões, alimentação, contacto com outras aves e treinos de voo.


Esta acção contou com a presença de elementos do SEPNA de Portimão e de alguns particulares. As gaivotas foram baptizadas de "Deco" e "Ronaldo" e o pato-real com o nome de "Brutus".



Libertação de 1 Bufo-pequeno (Asio otus)
20h00: Sagres

Esta ave terá sido vítima de atropelamento, apresentando um traumatismo craniano. Foi recolhida perto da Praia do Belixe por um particular que a entregou numa clínica veterinária em Lagos. Aqui, o animal foi encaminhado para o RIAS através de um Vigilante da Natureza do PNRF. O processo de recuperação desta ave consistiu em tratamento do traumatismo, alimentação e treinos de voo e caça.

Esta acção decorreu na presença do senhor responsável pela recolha da ave, entre outros particulares, que devolveu o bufo à Natureza e o baptizou de "Katrina" (com K!).

sábado, 19 de junho de 2010

Libertação: 18 de Junho de 2010

Libertação de 2 cágados-mediterrânicos (Mauremys leprosa)
18 de Junho de 2010
Quelfes - Olhão (Quinta de Marim, PNRF)

Ambos os cágados foram entregues no RIAS por particulares.
Um dos animais foi encontrado num tanque de óleo de automóveis pelo que o processo de recuperação consistiu em lavagem cuidada e exaustiva e alimentação adequada. O 2º animal encontrava-se em cativeiro e estima-se que tivesse já cerca de 50 anos. O processo de recuperação consistiu em alimentação adequada, verificando se se encontrava capaz de se alimentar autonomamente e de nadar correctamente, e contacto com outros cágados.

Estando aptos para serem devolvidos à Natureza, a sua libertação foi realizada num lago da Quinta de Marim na presença de voluntários do centro.

Os animais foram baptizados de Grace, como a voluntária que o libertou e que celebrava o seu aniversário neste dia (Parabéns, Grace!), e de Mª Benedita pelos particulares que recolheram o 2º animal.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Libertação: 6 de Junho de 2010

Libertação de 2 melros-preto (Turdus merula)
6 de Junho de 2010
Quelfes - Olhão (Quinta de Marim, PNRF)

Estas duas aves ingressaram no RIAS na primeira quinzena de Maio, tendo sido entregues por particulares que as recolheram em Faro. Tratando-se de duas crias que terão caído do ninho, o processo de recuperação destes animais consistiu em alimentação adequada e treinos de voo.

Por se encontrarem aptas para sobreviver no meio natural ao qual pertencem, as aves foram libertadas pelos particulares que as recolheram e que as baptizaram de "Harley" e "Palma", respectivamente.

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Libertações: 2 de Junho de 2010

Libertação de 2 Gaivotas-de-asas-escuras (Larus fuscus) e 2 Gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
11h00: Jardim Pescador Olhanense, Olhão

Estas aves foram recolhidas por se apresentarem desnutridas e debilitadas. Foram entregues no RIAS por elementos do SEPNA e pelos Vigilantes da Natureza do PNRF. O processo de recuperação consistiu em alimentação, contacto com outras gaivotas e treinos de voo.

Esta acção foi desenvolvida em colaboração com o Parque Natural da Ria Formosa/ICNB, durante as actividades associadas aos "Dias Verdes", e inserida na Semana da Criança e do Ambiente de Olhão.

As aves foram libertadas por algumas das crianças presentes e foram baptizadas de: "Cãozinho", "Gatinha", "Joaninha" e "Águia do Benfica".

Material angariado - Agradecimento

No seguimento da Campanha de Angariação de Material 2010, o RIAS recebeu já:
- 2 monitores
- 1 teclado + 1 rato + um gravador de DVDs
- 1 impressora
- 1 par de binóculos
- 1 mala para computador portátil
- 2 quadros de cortiça
- Batas e toalhas


Será ainda necessária a angariação dos restantes materiais para podermos dar continuidade à remodelação e manutenção das instalações e para aumentarmos a qualidade e diversidade de equipamentos disponíveis no centro. No entanto, felicitamos e agradecemos desde já o interesse em colaborar e a atenção demonstrados por vários particulares.

A equipa do RIAS agradece imenso a todos quantos já contribuíram para esta campanha.
Muito obrigada!