O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Libertação: 22 de Maio de 2010

Libertação de uma Águia-cobreira (Circaetus gallicus)
22 de Maio de 2010, Sábado
12h15 - Pego do Inferno (Santo Estêvão - Tavira)

Esta ave ingressou no RIAS em Janeiro. Foi recolhida pela PSP de Tavira nesta cidade e entregue no RIAS pela equipa do SEPNA-GNR. Apresentava uma pequena ferida num pulso e foi encontrada numa urbanização, muito molhada e debilitada, pelo que se suspeita que terá colidido contra uma estrutura ou sofrido outro tipo de trauma. O processo de recuperação consistiu em tratamento da lesão, alimentação, contacto com outras águias-cobreiras e treinos de voo.

(Fotografias RIAS e de Valter Teixeira)

Esta acção foi desenvolvida em colaboração com o Centro de Ciência Viva de Tavira e estava inserida nas comemorações do Dia Mundial da Biodiversidade organizadas pelo referido centro, pela Câmara Municipal de Tavira e pela Associação Almargem. Contou ainda com a colaboração do PNRF/ICNB (poderá visualizar uma notícia sobre esta colaboração aqui) e a presença de elementos do SEPNA de Tavira. Estiveram presentes nesta acção cerca de 60 pessoas. A ave foi libertada pelos respectivos padrinhos e baptizada de "BioAlice".

video

Sem comentários: