O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Libertação: 25 de Fevereiro de 2010

Libertação de um morcego-de-peluche (Miniopterus schreibersii)
25 de Fevereiro de 2010
Quinta de Marim, Olhão




Este pequeno mamífero foi encontrado e recolhido pelos vigilantes da natureza do Parque Natural da Ria Formosa que o encaminharam para o RIAS. Apresentava-se bastante molhado quando chegou ao centro tendo o processo de recuperação envolvido secagem e alimentação.

Este indivíduo tinha sido anilhado em Alte no ano de 2004, sendo esta recaptura um importante registo para o estudo a decorrer.

Por se encontrar bastante activo e apto para ser devolvido à natureza, foi libertado, ao escurecer, na Quinta de Marim, tendo sido baptizado pelos presentes de "Sebastião, o Conde de Contar".

Sem comentários: