O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

BOAS FESTAS!!


O RIAS deseja a todos os seus amigos e colaboradores um Feliz Natal e um Próspero 2010!

Voluntariado RIAS - conclusão das novas salas do centro

Graças aos voluntários do RIAS foi possível a criação de três novas estruturas no centro: um biotério, uma sala de necrópsias e uma clínica. Estas estruturas permitirão um melhor e mais eficiente funcionamento do centro.


Clínica


Sala de necrópsias



Biotério



A todos os voluntários que colaboraram na criação destas estruturas um MUITO OBRIGADO!

Tintas Kar apoia o RIAS


O RIAS agradece à Tintas Kar a oferta de tinta para a conclusão das obras no centro.

Obrigado pela simpatia e rapidez!

Voluntariado RIAS: Colocação de pavimento nas novas salas do centro

O RIAS agradece a Rico van Eck, Jan Valkenburg e Thijs Valkenburg a ajuda na colocação de pavimento das novas salas criadas no centro.






Após um fim-de-semana bastante trabalhoso concluímos assim mais uma tarefa de voluntariado no RIAS.

Muito obrigado pelo empenho e boa disposição!

Cipriano & Antunes S.A. apoia o RIAS



O RIAS agradece à empresa Cipriano & Antunes S.A. a oferta de cola para pavimento que nos permitiu concluir as obras das novas salas do centro.

Muito obrigado!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Libertação: 15 de Dezembro de 2009

Libertação de 3 gaivotas-de-patas-amarelas (Larus michahellis) e 2 gaivotas-de-asas-escuras (Larus fuscus)
15 de Dezembro de 2009, 3ª feira
14h30, Salinas de Olhão

As várias gaivotas foram recolhidas por particulares, equipas do SEPNA/GNR e Vigilantes do PNRF e entregues no RIAS por se apresentarem debilitadas e/ou feridas. Foram sujeitas a um processo de recuperação que consistiu em medicação, resolução das lesões, contacto com outras gaivotas e treinos de voo.
Foram devolvidas à Natureza numa actividade que contou com a colaboração da Ecoteca de Olhão.
Esta acção contou com a presença de cerca de 40 alunos do 8º ano e professores da Escola E.B. 2,3 Dr. Alberto Iria, de Olhão, e foi antecedida por uma breve palestra explicativa sobre as diferenças entre as várias espécies de gaivotas e sobre o trabalho desenvolvido no RIAS.


As aves foram baptizadas de Escadote, Costa, Asae, Inimigo e Américo.

VIII Workshop Prático de Recuperação de Animais Silvestres

A Associação ALDEIA e o RIAS realizaram no passado fim de semana (11 a 13 de Dezembro) a 8ª edição do Workshop Prático de Recuperação de Animais Silvestres.

Esta actividade, realizada nas instalações do PNRF e do RIAS, na Quinta do Marim (Olhão), contou com a presença de cerca de 40 participantes. Com um programa dividido em componentes teórica e prática, esta formação contou ainda com uma visita às instalações do RIAS e uma acção de devolução à Natureza de 5 gaivotas recuperadas no RIAS: Larus fuscus, Larus michahellis (2), Larus ridibundus e Larus melanocephalus.


quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Libertação: 4 de Dezembro de 2009

Libertação de uma gralha-de-nuca-cinzenta (Corvus monedula)
4 de Dezembro de 2009, 6ª feira
14h00, no Café-Bar "Paraíso", Fernandes (Mértola)

Esta ave foi recolhida em Fernandes, Mértola, por um particular, entregue no Parque Natural do Vale do Guadiana e encaminhada por este para o RIAS. O processo de recuperação consistiu em alimentação de modo a alcançar o peso adequado para a espécie e em treinos de voo.

A ave habita na aldeia de Fernandes, sendo muito querida junto de todos os habitantes que a tinham já baptizado de "Chica". Foi devolvida à Natureza numa acção que contou com cerca de 30 pessoas, incluindo os seus padrinhos.

Antes da libertação propriamente dita, foi realizada uma breve palestra sobre o RIAS e a Gralha-de-nuca-cinzenta.

Esta acção contou com a colaboração do PNVG e dos proprietários do Café-Bar Paraíso.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Libertação: 2 de Dezembro de 2009

Libertação de 7 grifos (Gyps fulvus)
2 de Dezembro de 2009
14h00, Serra de Alcaria Ruiva (Mértola)

Estas aves foram recolhidas por equipas SEPNA da GNR e por Vigilantes da Natureza das áreas protegidas, por se apresentarem debilitadas e desnutridas. Foram encontradas por particulares em Tavira, Loulé, Vilamoura, Faro e no Parque Natural do Vale do Guadiana e encaminhadas pelas referidas entidades para o RIAS. Neste centro, sofreram um processo de recuperação que consistiu em alimentação e hidratação, contacto com aves da mesma espécie e treinos de voo (no túnel de voo deste centro) e encontravam-se agora aptas para ser devolvidas ao seu habitat natural, num local adequado à espécie.


(Fotografias de Vitor Azevedo)

Esta acção contou com a presença de cerca de 15 pessoas, entre colaboradores do RIAS, representantes do Parque Natural da Ria Formosa e do Parque Natural do Vale do Guadiana e equipa de reportagem da TVI (ver reportagem aqui, aos 10:06).
As aves libertadas foram baptizadas de "Moscovo", "Zeca", "Mértola", "Holandês", "Português Porra", "RIAS" e "Galileu".